textos

Sobre persistir

Pesistir. Hoje aconteceram coisas que me fizeram pensar bastante sobre essa palavra. Até que ponto devemos? Até onde podemos? Até onde a nossa paixão pela dança é capaz de ser maior do que nossas dores, machucados, angústias e frustrações?

Mas sabe… Sim, é preciso persistir e resistir! Nessa atualidade de coisas líquidas, onde tudo parece ser conquistado com “facilidade” é muito comum nos perdermos e deixarmos as dificuldades parecerem maiores do que nossos sonhos.

Por isso mais um dia escolhi persistir, escolhi melhorar e escolhi aprender com cada erro em busca de me tornar cada vez mais capaz de poder viver daquilo que amo.

Nos dias difíceis, lembre-se: ser arte, é ser resistência.

2 Comments

  1. Camila querida, persistência, resistência e foco nos seus sonhos… que as portas vão se abrindo. Sucesso.

Deixe uma resposta para Claudia Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *